2018-05-26

Santíssima Trindade: o segredo de nunca caminhar sozinho



Quero falar da Santíssima Trindade, Solenidade celebrada pela Igreja no domingo, 27 de maio de 2018, e o quero fazer sem referências propositais aos grandes conceitos doutrinários, o que disseram os Concílios e os Santos pensadores e escritores. Isso eu deixo para os literários teólogos.

Brevemente quero apenas ressaltar o mistério de crermos em Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo sem perambular confusamente em nossa mente querendo entender. Agostinho de Hipona, com toda razão, quis entender esse mistério de amor e decifrou verdades profundas, sendo preenchido por esse amor e assim nos ensinando que o cristão nunca é um solitário, mas um homem amado, mesmo quando fracassa em suas ações.

Batizar em nome da Trindade e ensinar a fé nos parece ser o segredo da missão: o que temos de bom para outros não é a nós mesmos, mas o que Deus construiu dentro de nós, pois esse amor não passa, não decepciona, não nos aprisiona no medo do mundo, das pessoas e das circunstâncias. Traçamos o sinal da cruz, temos em nós a Santíssima Trindade e somos assim convidados, mais do que simplesmente querer entender, a deixarmo-nos alcançar e amar por esta graça. Eu creio na Santíssima Trindade e n’Ela a minha vida encontra o segredo de nunca caminhar sozinho.

Por Antonio Marcos

0 comentários:

Postar um comentário