Ir. Cristina trouxe um pouco de “redenção”...

Escrito Por Antonio Marcos na domingo, março 23, 2014 Sem Comentários
Não consideremos que agora vale tudo pela evangelização, ignorando o bom senso e o discernimento, claro que não. A evangelização continua pedindo prudência, mas sem jamais intimidar a ousadia, a criatividade e a confiança em Deus que nos envia e nos capacita. O Espírito Santo é o artífice de toda e qualquer ação em prol do Evangelho. 

Uma questão curiosa me chama a atenção com a apresentação da Ir. Cristina no The Voice, versão italiana. É o fato de sua atitude não ter sido muito diferente de alguns padres e irmãs aqui no Brasil, nem preciso citar nomes. Uns mais de acordo com os fiéis, outros menos aceitáveis, faz parte. O fato é que eu percebo que as coisas mudaram muito, graças a Deus. Eu mesmo presenciei durante os anos de vida missionária alguns irmãos que simplesmente ignoravam os membros de outras religiões e, o pior, eram profundamente céticos e críticos da evangelização por parte de alguns em certos ambientes da mídia secular.

Os tempos estão mudando, ou melhor, a consciência, e isto é mesmo maravilhoso. De certa forma o que acontece no mundo midiático (ou não), como a apresentação da Ir. Cristina, infelizmente ainda choca muita gente que se esconde na “caricatura de santo”, mas que não passam de puritanos, de religiosos do próprio umbigo, do culto às próprias ideias arcaicas, descontextualizadas e não transformadas pelo Evangelho. A Igreja continua sensata, reconhecedora e respeitadora do seu limite, consciente da sua missão no mundo secular, mas cada vez mais cheia de Parresia.

Evidentemente, não preciso falar do papa Francisco. Para o “desespero de muitos” é bem provável mesmo que o Papa ligue para a Ir. Cristina e lhe parabenize pela coragem de colocar – criativamente e profeticamente – os dons que recebeu do Senhor numa evangelização diferente, exatamente como o mundo precisa. Como diz o velho e sábio Pe. Zezinho: "Muita gente não sabe as virtudes e os dons que têm". E ainda existem aqueles que sabem desses dons e se deixam intimidar, não os colocam a serviço: cantar, dançar, falar, escrever, pintar, ser presença, sorrir..., tudo deve ser colocado em prol do anúncio do Evangelho.

A ação evangelizadora da Ir. Cristina, The Voice italiano, vem, de certa forma, trazer um pouco de redenção aos que foram até hoje acusados de banalizar a missão da evangelização. Confesso que o vídeo e a repercussão me deixaram inquieto e desejoso de também continuar a dar de graça tudo o que recebi do Senhor. Que a sua graça no ajude a vencer todo medo e omissão. Assim seja.

Ant. Marcos