2012-07-30

Deus quer sempre nos trazer de volta


No início desta nova semana a Palavra do Senhor nos impacta o coração com a imagem apresentada pelo profeta Jeremias do cinto que Deus manda colocar na cintura como “símbolo da unidade do povo a Deus”. Da mesma forma o Senhor o manda esconder numa fenda no Eufrates e o cinto apodrece como “símbolo da separação do povo”, do seu pecado, da escolha de outros deuses e planos (cf. Jr 13,1-11). Todos nós, de alguma forma, conhecemos bem a força destruidora de nossas más escolhas, de quando agimos com indiferença depois de termos provado tanto do amor e dos cuidados de Deus. Na verdade, a conclusão é mesmo a infelicidade, o vazio, a falta de rumo na vida, apesar de nossos planos humanos e bons propósitos. Deus quer sempre nos trazer de volta, e o faz desejando que o nosso coração se disponha ao seu reino, que, se ao menos uma “pequena semente” de sua palavra fecundar em nós, muitos frutos gerarão e “Deus realizará e proclamará em nossas vidas coisas escondidas” (cf. Mt 13, 31-35). O Senhor nos dê a graça da memória de amor e gratidão, pois, sem ela caímos no esquecimento do que fez por nós a sua misericórdia. Que a Palavra de Deus nos conquiste e nos transforme para também sermos “semente do reino” em outros corações.

Antonio Marcos

0 comentários:

Postar um comentário