O cuidado de Deus por nós não se desarmoniza

Escrito Por Antonio Marcos na terça-feira, dezembro 20, 2011 Sem Comentários

Conversando nesses dias com uma pessoa amiga, pude ouvir sua partilha, por sua vez dolorosa, acerca do que costumamos chamar de "silêncio de Deus" em nossas vidas. E, a gente, sabendo do que se trata por experiência pessoal, não deseja logo dar conselhos ou mesmo "direção espiritual", mas escutar e captar as entrelinhas do seu coração, exatamente lá onde se processa a obra de Deus, "Aquele cuja ação é misteriosa" (Jz 13,19). Quem nunca experimentou deste "aparente silêncio" de Deus? As Sagradas Escrituras e a vida dos santos mostram esta dura prova na vida dos homens e mulheres de Deus. Mas é verdade que "o dia transmite a mensagem ao dia e a noite faz conhecer à noite. Não é um discurso, não há palavras, não se lhe ouve a voz. Sua harmonia se estende sobre toda a terra, e sua linguagem, até as extremidades do mundo" (Sl 19,3-5). A harmonia da obra de Deus não para, o seu amor e cuidado por nós não se desarmonizam. Se há um silêncio e desarmonia, fazem-se a partir de nós mesmos, mas, ainda assim, através da fé podemos "escutar" os passos e a voz de quem nos procura todos os dias no jardim: "onde estás, meu filho Adão? Por que te escondes de mim e de ti mesmo?".

Antonio Marcos