A perda com sentido

Escrito Por Antonio Marcos na quinta-feira, novembro 03, 2011 Sem Comentários

Com a palavra: Maria Emmir (Comunidade Shalom)

A forma mais sublime de amor ocorre quando amamos de “verdade”, isto é, quando amamos gratuitamente e através da entrega de nossa vida, como fez Jesus. Ao dar a vida por amor, renunciamos a muitas coisas em favor de quem amamos. Renunciamos a nossos gostos, nossas preferências, nossa comodidade, nosso descanso e chegamos até a por em risco nossa saúde em favor de quem se ama. Essa renúncia pode ser considerada uma “perda”, pois, ainda que por amor e voluntariamente, abrimos mão de algo a que “tínhamos direito” ou que “nos pertencia”. Fizemos essa renúncia por amor, como uma entrega de amor. Entretanto, ela não deixa de doer, não deixa de causar certo sofrimento, uma vez que é uma perda. Esse tipo de perda chama-se, na linguagem espiritual, “perda fecunda”, isto é, uma perda motivada pelo amor, uma perda com sentido que dá frutos de amor.

Fonte: 5 Passos para transformar a Dor em Amor, Edições Shalom.