Perdoar sempre, e ir adiante...

Escrito Por Antonio Marcos na domingo, setembro 11, 2011 Sem Comentários
Bem sabemos que o ato do perdão não é mágico, mas processo de síntese, entrada em si mesmo, memória do que Deus fez e faz por nós, como ainda desejo de ser livre no corpo, na alma, na mente... Perdoar não simplesmente porque “o outro é culpado”, mas porque o perdão nos humaniza, nos diviniza, nos integra. O perdão refaz também nossos destroços porque a mágoa cultivada gera doença, faz cair nossas fortalezas, gera destroços... Sabemos que nossas forças são falhas nesse processo e que a graça de Deus é o grande sustento. Se não há perdão, não há elevação dos níveis de amor... É preciso perdoar e não ter medo se isso "pareça fraqueza", pois, na verdade, é fortaleza. Muitos ficam marcados para sempre por terem sofrido certos tipos de ofensas e até atos de violência física e moral, por isso talvez o processo de perdão para estes seja mais doloroso e até lento, mas possível e necessário. Muitos são testemunhas de que vale mais as lágrimas da libertação interior, da vitória sobre o sentimento de vingança, do que permanecer infeliz, enclausurando dentro de nós os réus que nos ofenderam. Perdoar e ir adiante, eis a verdadeira felicidade! Perdoar, não humilhar! Perdoar e deixar a verdade dar ao outro, a mim, a nós, uma nova chance para recomeçar. E também é verdade que o recomeço pede sempre mudança de vida, mas somos apenas uma pequena parcela de colaboração nas transformações dos outros. Devo revelar-lhes a face da misericórdia de Deus, pois somente o Seu amor nos faz ver a verdade daquilo que somos e precisamos ser. Quando perdoamos é este amor de Deus já mostra sua face através de nós. Perdoar sempre, e ir adiante..., eis a nossa felicidade!

Antonio Marcos