Levar Cristo a todos: uma exigência de amor

Escrito Por Antonio Marcos na quinta-feira, setembro 01, 2011 Sem Comentários
Testemunho de Moysés Azevedo, fundador da Comunidade Católica Shalom.

Ao penetrar no mistério do sofrimento humano, fui descobrindo que o maior de todos os sofrimentos do homem e a origem de tantos outros males é o desconhecimento de Cristo. Eu mesmo havia experimentado isto na minha juventude, quando buscava a felicidade sem saber onde encontrá-la. Em meio a esta busca, experimentei o encontro pessoal com Jesus Cristo, que deu sentido à minha existência e respondeu à sede mais profunda de felicidade que existia em mim. Tendo tido esta experiência em plena juventude, não podia ficar indiferente a tantos jovens, homens e mulheres que desconhecem a grande verdade: a felicidade é Jesus Cristo.

Incomodava-me especialmente, andar pelas da minha cidade e contemplar o rosto de milhares de jovens, que, tal como eu havia feito no passado, buscavam desenfreadamente a felicidade em caminhos vazios. Sem nenhum mérito de minha parte, eu havia encontrado a verdade: Cristo é a nossa paz! Não podia ficar sem partilhar minha preciosa descoberta. Para mim, levá-la a todos se havia tornado uma exigência de amor!”

Naqueles dias, quando encontrei o Papa*, uma só coisa existia em meu coração: queria responder coma oferta da minha vida ao apelo de Deus em meu coração e ao da humanidade que geme e sofre esperando a manifestação dos filhos de Deus (cf. Rm 12). Queria ofertar minha vida e minha juventude para evangelizar com ousadia e criatividade! Desta inspiração nasceu a Comunidade Católica Shalom.

Fonte: Escritos Shalom, Edições Shalom (Carta à Comunidade, 131-133).

(*) O encontro do Moysés com João Paulo II se deu no dia 09 de julho de 1980. Foi escolhido como um dos jovens que, em nome da juventude da Arquidiocese de Fortaleza, daria um presente ao Papa.