2011-08-14

Ele viu além e acreditou

Aqueles que vivem o mistério do chamado a uma vocação pessoal ou de um carisma na vida da Igreja, sabem o quanto significa o acompanhamento de um sacerdote, alguém que escute, acompanhe, oriente e, sobretudo, escute em oração os propósitos de Deus, a autenticidade daquela inspiração. A própria Igreja, em sua tradição, sendo ela mãe e mestra, confia aos Bispos (que também delega aos seus colaboradores, os Sacerdotes) a responsabilidade de discernir os chamados e Carismas na vida da Igreja. Ninguém pode caminhar sozinho nem no início, nem no meio, nem no fim quando se trata de vida cristã e vocacional. Assim fizeram os santos, que o digam Santa Teresa de Ávila e Madre Teresa de Calcutá. Pois bem, na vida da Comunidade Católica Shalom, quando ainda a pequena semente formada pelos jovens universitários (anos 80), desejosos de viverem o apelo de Deus para um seguimento radical do Evangelho e em vida comunitária, necessitavam então da orientação do pastor, Dom Aloísio Lorscheider, o mesmo confiou aquela “semente do dom shalom” aos cuidados do Pe. Zezinho Ialea (Membro do Instituto: Os Missionários do Sagrado Coração). O mesmo estava no Brasil há mais de 60 anos, tendo passado apenas alguns deles no Maranhão. Pe. Zezinho não apenas prestou um serviço, mas se tornou amigo, verdadeiro pai e irmão daqueles jovens cheios de desejo de tudo darem a Jesus. Ele permaneceu do lado, sinalizando quando avançar, corrigindo e incentivando, pois, quando todos desacreditavam e suspeitavam até, Pe. Zezinho, homem de Deus, sacerdote zeloso e apaixonado por Jesus e pelos pobres, homem de oração, conseguiu muito cedo perceber que aquele projeto se tratava de uma Obra de Deus, uma Obra Nova. Disto ele nunca duvidou. Bendito seja Deus pela imensa providência do Seu amor em colocar este sacerdote na vida do Moysés, daqueles jovens, da Comunidade Católica Shalom por todos esses anos. Seu nome é citado inevitavelmente e com amor filial nos Escritos da Fundação do Carisma Shalom. Eis um sinal de paternidade espiritual! Ele fez o que Deus faz por nós, principalmente quando todos nos desacreditam: viu além e acreditou! Que o Deus de toda providência e bondade o tenha recebido em Sua glória e seja agora um intercessor. 

Antonio Marcos    

0 comentários:

Postar um comentário