O Festival Halleluya e a vida com Deus

Escrito Por Antonio Marcos na segunda-feira, julho 25, 2011 Sem Comentários

A 14ª edição do Festival Halleluya foi concluída na noite do domingo, 24 de julho, com uma adoração a Jesus Eucarístico, um gesto de gratidão a Deus indispensavelmente esperado. Também esta foi uma feliz novidade o fato de nos despedirmos de tudo o que vivemos naquele lugar com a Santa Missa e também com a adoração, a última coisa a acontecer no palco. Bendito seja Deus por esta inspiração e docilidade do coração do Moysés e organizadores. De fato, é a Deus que devemos bendizer e agradecer por todas as maravilhas do Festival Halleluya, que “não é – segundo as palavras do Moysés – simplesmente um evento, não é simplesmente um show, mas é uma ação de Deus que muda vidas, que muda o coração das pessoas” (Rev. Obra Nova, ano II, N. 24). Agradecemos a Deus por este milagre e o fazemos em estado de adoração, na esperança e intercessão para que os frutos sejam abundantes. Frutos esses que talvez não os vejamos, mas que o coração que os colherão recordará da ação de Deus exatamente na cotidianidade do viver, pois, como tão bem disseram Ítalo e Renno, “a vida com Deus é todo dia!” Que a Virgem Theotokos, “Mãe de Deus”, Mãe da Igreja e Mãe nossa guarde nossas vidas e interceda por todos que foram ao Halleluya, especialmente os jovens, aqueles que viveram um encontro com a Pessoa de Jesus e assim possam dar continuidade a esta experiência com o “Halleluya Quero Mais” ou em suas Comunidades e Paróquias.
“As bondades do Senhor! Elas não terminaram! As suas ternuras não se esgotaram! Renovam-se a cada manhã. Grande é o teu amor, Senhor!” (Lm 3,21-23).
Antonio Marcos