2011-04-21

Ao menos um silêncio de fé!


Faz-se silêncio! O altar do Senhor é desnudado, o Senhor é trasladado... seguimos a procissão para adorar silenciosamente. Começam as horas da agonia naquele jardim e os homens se aproximam, entre eles um dos escolhidos pelo Senhor, e trazem consigo armas e tochas, colocarão as mãos em Jesus e prenderão Aquele que só fez o bem, só falou do amor. Mas nós, nós estamos com "sono" e já não conseguimos vigiar. Será que fugiremos daqui a pouco?, mas nós prometemos dar a vida por Ti, Jesus, então, sustenta-nos nesta hora, a hora da prova.  Queremos nesta hora nos unirmos aos homens e mulheres do mundo inteiro, nossos irmãos e irmãs, e ofertar os nossos sacrifícios, nossas chagas, as dores do mundo, os suplícios dos corações que não conhecem a força do Teu amor que foi até às últimas consequências para nos salvar. Ao menos um silêncio de fé, Senhor, neste dia!

Antonio Marcos

0 comentários:

Postar um comentário