2011-02-22

Comunidade Shalom: instrumento de Deus em tempos difíceis da história!


Em cada tempo da historia da humanidade, Deus suscita instrumentos eficazes para que o Seu Evangelho chegue aos homens e assim a missão da Igreja de construir o Reino de Deus prossiga como parte daquela promessa fundamental de Jesus: “Tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la” (Cf. Mt 16,18).
A Festa da Cátedra de São Pedro (literalmente, do assento, cadeira de Pedro, situada na Basílica do Vaticano) - como quase todas as Festas na Igreja -,  entrou na história como ação da providência de Deus que quis dar uma nova configuração às realidades que tinha sentido pagão junto do povo. Com a expansão do Cristianismo e a radicalidade da mensagem que portava, o Evangelho foi moldando, por atração, aquilo que deveria fazer parte da nova família de Deus. A Festa da Cátedra de São Pedro ressalta a missão de Cristo confiado aos apóstolos e, de forma particular, a Pedro, aquele que recebeu “as chaves do Reino dos Céus” (Mt 16,19).  
Muitas vezes e em épocas diferentes na história se pretendeu desvirtuar a missão dos Apóstolos e daquele que tem a primazia de governo sobre toda a Igreja, o Papa. Muitos chefes políticos se arvoraram do direito que Deus confiou unicamente a Pedro, de confirmar seus irmãos na fé, de “ligar e desligar”. Lembramos dos tempos sombrios dos Imperadores Romanos, dos Reis, dos Príncipes e até dos anti-papas quando quiseram e muitas vezes "conseguiram" interferir no Governo da Igreja.  O culto a esses falsos sucessores de Pedro também não faltaram na história. Daí que esta Festa  celebra a missão do Santo Padre. Nós, os católicos, temos um amor especial pelo Papa, porque foi ele escolhido por Cristo para estar a frente do Seu rebanho.
Muito significativa foi, na data desta Festa, 22 de fevereiro de 2007, a exatos 4 anos, a Comunidade Católica Shalom ter recebido da Santa Sé, através da aprovação do Santo Padre, o Reconhecimento Pontifício como “Associação Internacional Privada de Fiéis”. Tal acontecimento foi marcante e a partir de hoje caminha para o seu último ano de “experiência” até se concretizar com  o “Reconhecimento Definitivo" em 2012, se Deus quiser”. Também a Comunidade Shalom, como filha da Igreja, tem sido um dos eficazes instrumentos de Deus para esses tempos difíceis da história. Nos seus 28 anos, o Carisma Shalom tem sido uma das poderosas ações do Espírito Santo em favor do povo de Deus, sempre na benção da Igreja, anunciando a Salvação de Cristo e colaborando para uma “Obra Nova” em cada existência.
Queremos neste dia, de forma especial, rezar pelo Papa Bento XVI. Temos a imensa graça de tê-lo como Sucessor da Cátedra de Pedro nestes tempos tão desafiantes para o mundo e para a Igreja. Homem de fé, de grandes virtudes, um gênio do saber teológico e da Palavra de Deus, sabe como ninguém dialogar com o homem de hoje. Riqueza incomparável é a apreciação da profundidade e clareza de seus escritos. Mais uma vez a providência de Deus  colocou a frente da Igreja a pessoa certa no tempo certo, com a santidade e sabedoria de que precisam a Igreja e o mundo. Mas temos de rezar pelo Papa, porque seus “inimigos e perseguidores” não são poucos. O Evangelho incomoda! A Verdade liberta e salva, mas nem todos aceitam a radicalidade de suas mudanças e de sua proposta. Da mesma forma, rezemos pela Comunidade Católica Shalom, por este tempo novo, pela sua missão, pelas autoridades e por todos os seus filhos e filhas, como por todos que bebem da fonte da Verdade através do  dom Shalom.
Temos a consciência que a missão da Igreja não é fácil, porque o Evangelho não é fácil, porém, plenamente possível de ser vivido, desde que nos deixemos alcançar por Cristo e Sua Graça. Contemplamos de forma maravilhosa o desejo da Comunidade Shalom de se configurar a Cristo, ser no meio dos homens deste tempo a presença materna da Igreja que dá ao homem a Face de Deus, porque somente Ele é a nossa felicidade. Deus a sustente e a faça caminhar sempre unida a Pedro e aos Apóstolos. Que ela, diante dos desafios e perseguições, e a exemplo do Papa, saiba sempre viver e cantar confiante o que diz a Palavra de Deus: “O Senhor é o pastor que me conduz, não me falta coisa alguma” (Sl 22).
Antonio Marcos

Um comentário: