Padre, como é belo, na alegria e no sofrimento, poder contar contigo!

Escrito Por Antonio Marcos na segunda-feira, janeiro 03, 2011 Sem Comentários

O Discurso do santo padre, Bento XVI, aos membros da Cúria Romana (Dez/2010) é profundamente rico na sua mensagem e comovente, especialmente, quando fez referência ao Ano Sacerdotal. Ali está o coração do papa por dentro quando sofre com os pecados e escândalos dos irmãos no ministério, mas também, sobretudo, pela alegria e gratidão pelos bons sacerdotes que, no meio das devastações, são testemunhas da beleza não perdida do sacerdócio.
“Em nós, sacerdotes, e nos leigos - concretamente nos jovens - renovou-se a consciência do grande dom que representa o sacerdócio da Igreja Católica, que nos foi confiado pelo Senhor. De novo nos demos conta de como é belo que seres humanos estejam autorizados a pronunciar, em nome de Deus e com pleno poder, a palavra do perdão, tornando-se assim capazes de mudar o mundo, a vida; como é belo que seres humanos estejam autorizados a pronunciar as palavras da consagração, pelas quais o Senhor atrai para dentro de Si um pedaço de mundo, e assim, num determinado lugar, transforma-o na sua substância; como é belo poder estar, com a força do Senhor, junto dos homens nas suas alegrias e sofrimentos, tanto nas horas importantes como nas horas negras da existência; como é belo ter na vida por missão não esta pessoa ou aquela, mas pura e simplesmente o ser mesmo do homem, procurando ajudar para que se abra a Deus e viva a partir de Deus.”
Obrigado, Senhor, por nossos padres, especialmente os que se esforçam e contam com Tua graça para serem fieis ao chamado e à bela missão de estar junto dos homens nas suas alegrias e sofrimentos. Sustenta os que vacilam na fé e consola os enfermos. Maria, Mãe dos Sacerdotes, guarde-os em teu coração e intercede por novas e santas vocações ao sacerdócio. Ela continua sendo bela e instrumento de salvação!     
Antonio Marcos