2010-10-15

Só a fé explica a escolha gratuita de Deus na vida de um sacerdote!


“Toma consciência do que vais fazer e põe em prática o que vais celebrar, conformando a tua vida com o mistério da cruz do Senhor” (Rito da Consagração).

Para quem já teve a oportunidade de participar de uma ordenação presbiteral, já não pode esconder de testemunhar a beleza, a profundidade e a emoção de tal mistério de amor, especialmente durante o momento em que o bispo profere ao candidato as palavras do rito de ordenação (essas que estão acima, uma parte).

“Toma consciência do que vais fazer...” Penso que o sacerdote vive a experiência, nas ocasiões em que consagra o pão e o vinho, de passar por uma “sadia crise existencial” ao se perguntar: “Mas, quem sou eu, Senhor? Por que me escolheste para tão altíssimo mistério?” Uma pergunta que não tem outra resposta se não a gratuidade do amor de Deus. “Tirado dentre os homens, é constituído sacerdote em favor dos homens” (cf. Hb 5,1). Diante desta “sadia crise” vem em socorro do sacerdote o alento da fé! Só a fé explica a escolha gratuita de Deus, sua misericórdia na vida de um padre.

Para aquele que foi escolhido Deus pede unicamente a generosa correspondência com a graça da eleição, “põe em prática o que vais celebrar”. Isto não é fruto das forças humanas, mas do dom de Deus que age na fraqueza humana. Também o sacerdote tem plena consciência de que, sem a graça de Deus, o seu vaso de argila já teria se quebrado por inteiro. E todas as vezes que o mundo tenta desacreditar o dom do sacerdócio na vida da Igreja, deve o padre mais ainda se lembrar que “sua vida deve estar conformada ao mistério da cruz do Senhor”. Os santos costumavam se interrogar: “O que seria do mundo sem os sacerdotes, sem o consolo pastoral, sem os guias para a morada de Deus, sem o sacramento da penitência e sem a eucaristia?”.

Parabéns aos nossos 4 novos irmãos Sacerdotes da Igreja (Pe. Karlian, Pe. Aristóteles, Pe. Sílvio Scopel e Pe. Rômulo dos Anjos, consagrados na Comunidade de Vida Shalom). Um dia muito especial para a Igreja e para toda a Família Shalom. Comprometamo-nos a rezar por eles para que sejam fieis e configurados a Jesus Cristo. Pedimos a Ti, Virgem Maria, Mãe de todos os sacerdotes, que proteja-os de todo mal. Pedimos a São João Maria Vianney, Santa Teresa de Ávila e São Francisco de Assis, intercedam por nossos irmãos. Assim seja!

Antonio Marcos

0 comentários:

Postar um comentário