2010-07-11

Não somos mais os mesmos, mas, somos nós mesmos!



Na Missa de ação de graças pelos 28 anos da Comunidade Católica Shalom, 09 de julho, no Shalom da Paz, o fundador Moysés Azevedo, dirigiu uma breve palavra à assembléia nesses termos aproximadamente: Esta é uma noite de alegria e ação de graças. Alegro-me porque eu dizia para alguns irmãos antigos neste dia, enquanto nos encontrávamos à mesa na nossa Casa Geral, Diaconia: Passados esses anos não somos mais os mesmos, mas, somos nós mesmos!

Não somos mais os mesmos por causa da grande obra de Deus nas nossas vidas. Sim, trazemos as marcas das dores, mas, sobretudo, da vitória, da fecundidade da graça, da obra nova. Somos nós mesmos porque somos testemunhas das promessas cumpridas do Evangelho quando diz que é perdendo a vida que a encontramos de fato. Não obstante nossas fraquezas e limites, fomos nos perdendo e encontrando a vida de Cristo. Ele nos arrastou para dentro de Si e encontramos não só a Ele, mas a nós também e nossos irmãos.

Na oferta da vida, com alegria e felicidade, unimo-nos a Deus, a Cristo, à Igreja e uns aos outros. Na nossa pobre oferta de vida Deus foi generoso, por isso, nesta noite de alegria e ação de graças, nossa oferta é outra vez renovada. Queremos deixar que o Espírito Santo escreva uma Obra Nova na nossa vida, na Igreja, na Comunidade e na humanidade. Temos a absoluta certeza e confiança que na radicalidade da vivência do Evangelho está o segredo da vida. Que o Senhor nos dê a graça de perseverarmos até o fim porque a vida eterna é a nossa herança.

Por: Antonio Marcos

0 comentários:

Postar um comentário