Halleluya: a semente em terra boa!

Escrito Por Antonio Marcos na quarta-feira, julho 21, 2010 Sem Comentários


Tudo pronto, dá início em Fortaleza o Halleluya 2010! Como dizia o lema da Seleção Brasileira: “Lotado! O Brasil inteiro está aqui dentro!” A expectativa é de 800 a 1 milhão de pessoas no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). Não só o Brasil está representado no Halleluya, mas pessoas de outros países que vêm por intermédio dos membros e amigos da Comunidade Católica Shalom. Outros ainda se achegam de longe porque ficaram sabendo pela mídia ou por um amigo. O Halleluya é uma festa que contagia hoje os que estão próximos e os que estão distantes também. Na manhã deste dia, quarta, 21 de julho, um amigo que faz a cobertura jornalística do evento, Vanderlúcio, dizia-me ao telefone que houve uma adesão surpreendente da imprensa cearense ao Helleluya. Na verdade, não há outra notícia por aqui se não que todos querem ir ao Halleluya.

Esses “todos” são também pessoas simples, humildes, que chegam das periferias, alcançadas pela mídia, pelo boca a boca ou pela evangelização corpo a corpo, por um convite simples, mas decisivo para aquele coração. Hoje mesmo pela manhã eu entregava uns panfletos às pessoas dentro do ônibus e elas ficavam felizes pelo convite pessoal. Algumas me perguntaram: “Quando este ou aquele cantor vai estar?” Respondendo-lhes logo me confirmaram a presença ao Halleluya. A nossa música católica é um grande instrumento de atração porque ela também atinge os corações, conquista, evangeliza, leva para Deus e transforma. Além das músicas, tudo o mais proporcionado pelo Halleluya não significa outra coisa se não a semente em terra boa, como assim fala o Evangelho de hoje (Mt 13,1-9).

Vamos nessa! Vamos ao Halleluya! Uma grande multidão se reúne em volta do Senhor. Mas Ele precisa dos semeadores da vida, da salvação, do Evangelho, do amor, da acolhida e do sorriso. Há muitas formas de fazer com que nossa presença no Halleluya seja uma semente que dê frutos abundantes no coração de muitos. Perguntemos a Deus a nossa maneira de ser uma semente em terra boa. Que os anjos estejam no Halleluya e protejam a todos. Que a festa do amor de Deus chegue ao coração de muitos que ali acorrerão e que sejam também propagadores desta boa semente. Feliz Halleluya para todos nós! Já estou atrasado, deixa-me ir! Shalom!

Antonio Marcos