2010-07-26

Eu me maravilhei com o Halleluya!


O Halleluya foi encerrado na noite de ontem, Domingo, 25 de julho, com show do Pe. Fábio de Melo e participação de especial do cantor cearense Fagner. Milhares de pessoas cantaram as canções deste sacerdote de Deus, tão querido pelo povo, como também meditaram e rezaram com a profundidade de suas palavras. No entanto, fica uma pergunta: o Halleluya chega concretamente ao fim quando acabam as apresentações de cada noite? A resposta é que não! O Halleluya tem as entrelinhas da ação de Deus antes, durante e depois que acabam as cinco noites.

Neste ano, participando pela 10ª vez do Halleluya e, não mais como membro da comunidade de Vida Shalom, pude fazer muitas percepções e me maravilhar com a ação de Deus neste misterioso e eficaz evento de evangelização. A minha parte no reino foi estar presente e acompanhar duas pessoas amigas, uma da Bahia e a outra representando os Amigos do Shalom de Manaus. Ambas ficaram encantadas com tudo o que viram e viveram aqui. No entanto, Deus me possibilitou ver o Halleluya mais de perto nas suas ações concretas e nas entrelinhas da salvação.

O Halleluya aconteceu através de um número grande de pessoas que estiveram por trás do som, do palco, dos camarins, da sala de imprensa (este ano teve uma vasta cobertura da imprensa cearense), as fotografias, os camarotes, as entrevistas, o vídeo, a internet, os artistas, as hospedagens, etc. O halleluya aconteceu através de outro número grande de pessoas voluntárias ao serviço. Os caixas, as cozinhas, as comidas, o estoque, as pessoas que quase não veem o evento. Estive lá, visitando as cozinhas e encontrei gente cansada, de poucas horas de descanso, mas alegres, felizes, comprometidas, tão felizes quanto as que estavam na intercessão na Capela do Halleluya ou servindo no Palco, e eu me maravilhei também com esta dimensão do halleluya. Ah, lembrando que a vigilância sanitária considerou o serviço de cozinha e alimentação do halleluya exemplar na sua organização e higiene, um modelo para outros eventos.

O Halleluya contou com a presença de novos artistas, inovando com a riqueza da nossa música nordestina, algo de grande alegria e elogio à organização. Quem teve a oportunidade de visitar os stands com uma variedade enorme de novidades, seja dos trabalhos da Comunidade Católica Shalom ou de outras Comunidades, também se maravilhou. Estive por várias vezes no “Espaço Radical”, olhando as exibições dos atletas do Skate, conversando com alguns jovens e vendo aquele trabalho de evangelização. Quando vi o Serginho (cara fera no Skate), membro da CV Shalom, no meio da quadra com centenas de jovens skatistas escutando seu testemunho de vida, fiquei maravilhado. Um jovem do meu lado comentou ao amigo: “Que doideira, esse cara é de Deus véi! E eu aproveitei a oportunidade e falei àqueles jovens o que fez com que ele se tornasse um “cara de Deus!”. Eu me maravilhei com este Halleluya!

Queria contar aqui o que vi lá no estacionamento, na segurança, no Halleluya Kids (O cuidado com as crianças, a evangelização e ainda os trabalhos após o término, que se dava às 10 horas), nos Cursos, na fila para Confissão..., mas, ficaria muito longa a minha partilha. O Halleluya é uma dimensão da Igreja viva e jovem, um coração onde corre o sangue de Cristo, um grande espaço de misericórdia. Outra coisa me maravilhou: Diversos padres da Arquidiocese de Fortaleza passaram pelo evento, confessaram, assistiram as apresentações musicais. Lembro ter visto, praticamente todos os dias, o reitor do Seminário de Teologia São José, Arquidiocese de Fortaleza, como também vi vários seminaristas. Vi pessoas responsáveis pela organização de outros grandes eventos de evangelização em Fortaleza, visitando e olhando as estruturas do halleluya para usarem como modelo, e tudo isto me maravilhou!

Bendito seja Deus pelo Halleluya! Bendito seja Deus pelo “Halleluya quero Mais”, que é uma das dimensões de continuidade do Halleluya, porque ele continua de várias formas: nas paróquias, nas cidades, no coração e na alma de milhares de pessoas que participam do Halleluya. Deus seja louvado por tudo o que vivemos no halleluya. Certamente a alegria do amor de Deus que faz viver, foi muito concreta na vida de muitas pessoas. Que Nossa Senhora interceda para que todas as sementes de salvação lançadas no coração dos que foram ao Halleluya, germine cem vezes mais. Por tudo isto e por muito mais, só posso concluir que me maravilhei com o Halleluya!

Antonio Marcos

Um comentário:

  1. Ola Antonio
    Gostei do seu blog.Evangelizar é preciso msm.
    Abç fraterno pra vc.
    Waleska.

    ResponderExcluir