Quando as ligações afetivas são obstáculos ao seguimento de Cristo

Escrito Por Antonio Marcos na domingo, junho 27, 2010 Sem Comentários

Deus diz para Elias: “Levanta-te e unge Eliseu como profeta no teu lugar” (cf. 1Rs 19,16b.19-21). Elias já está no fim dos dias. O povo não pode ficar sem profetas, sem anunciadores da Palavra. Elias consagrou o profeta Eliseu, que foi se despedir dos seus pais e depois voltou para segui-lo. É preciso que aqueles que querem servir ao Senhor de verdade rompam com tudo. As ligações afetivas muitas vezes são um obstáculo ao seguimento de Deus. Muitos não têm coragem de enfrentar o mistério da solidão, do deserto e preferem voltar atrás e não seguir mais Cristo Jesus. Não podemos buscar desculpas para a nossa infidelidade. Só quando Eliseu se coloca a serviço de Elias encontra a sua verdadeira felicidade.

Canta o Salmista: “Ó Senhor, sois minha herança para sempre!” (Sl 16/15). Trata-se do Salmo dos que escolhem Deus como “herança” absoluta. Façamos de Deus o essencial, o centro da nossa vida e dediquemo-nos exclusivamente ao seu serviço, para viver a plenitude do amor. O mundo de hoje está se transformando em um grande supermercado, onde se tem espaço para tudo, onde se busca o que mais agrada. De um lado, sentimo-nos seduzidos por Deus e queremos segui-lo, de outro, sentimo-nos seduzidos pelas coisas, pelas pessoas e não queremos perder a nossa tranquilidade. É necessário coragem para dizer sim e deixar tudo. O que recebemos de Deus é um tesouro que não podemos avaliar. Estamos dispostos a seguir Cristo e a dar tudo por Ele?

Pe. Sciadini, OCD. – Comentário Pão da Vida, XIII TC – Edições Shalom.