José Saramago: o mundo perde um importante expoente crítico!

Escrito Por Antonio Marcos na sábado, junho 19, 2010 Sem Comentários


A morte de Saramago, escritor português, repercutiu em todo o mundo, exatamente por ser um expoente marcante na literatura, por suas importantes sobras publicadas e, sendo comunista, por suas polêmicas provindas de um senso crítico amargo em relação à religião e à Igreja Católica. Um homem muito inteligente e que conquistou pelo seu estilo próprio de escrever, de contar suas histórias, de transcrever a realidade nua e crua para o papel e assim conquistar a muitos por sua originalidade literária, seus romances que despertam posições críticas necessárias.
A Igreja Católica de Portugal reconheceu que Saramago era um importante expoente crítico e sabia dialogar, portanto, é uma grande perda para o mundo. Um homem apaixonado pela Filosofia, reconhecia que a sociedade atual precisa dela se quer ter senso crítico e não viver por viver, mas dar sentido ao que se vive e continuar perguntando sobre os modelos de vida nos proposto pelos interesses de outros. Os meios de comunicação divulgaram uma importante frase que costumava dizer quando pensava na morte e que aprendeste de sua avó: “O mundo é tão bonito e eu tenho tanta pena de morrer!”
O mundo tem conhecido nesses últimos séculos, muitos homens que se destacaram pela coragem de pensar e argumentar sobre a realidade de uma forma original, pessoal, mesmo que tantas vezes contraditória e marcada também pelos condicionalismos histórico-culturais. De qualquer forma, eles colaboraram com uma cosmovisão diferente e ajudaram a gerar reflexões diante de um mundo pluralista e que tem necessidade de expoentes que amem suas convicções e as justifique com criatividade e encanto. Aprendamos isso, nós que cremos!
Antonio Marcos