2010-05-27

A pessoa boa sempre reluz, vibra, conquista e atrai!

O Bom conduz à Verdade. Quando estamos em dúvida se uma coisa é verdadeira ou não, mas sabemos que é boa, podemos concluir que é verdadeira. O caçador, que saiu com um amigo para caçar, perde de vista o amigo. Vê a um certo momento a moita se mexer. Prepara-se para atirar. Ele se dá conta que, porém, de estar incerto se atrás das folhas está um animal ou o amigo. Atira ou não? Escolherá de não arriscar a vida do amigo, porque isso é bom, e será também a escolha verdadeira. A mesma pergunta surge ante o embrião humano: é uma pessoa ou um punhado de células? Atiro ou não?

O Bom cria a Beleza. Para além das formas físicas a pessoa boa sempre reluz, vibra, conquista, atrai. O Bom produz a pessoa simples, e o simples é sempre belo e verdadeiro, ao contrário da mentira, que é sempre contorta e feia. Dizer, por exemplo, que uma reforma social é “complicada” é dizer que está paralisada nos tentáculos da mentira.

O Bom engendra o Amor. O Bom se faz desejar, querer, possuir. Ele produz união. A pessoa que invade o ambiente com o perfume se faz querer e as outras pessoas, invadidas por aquele Bom, também se fazem querer. Estabelece-se, assim, um círculo de união entre pessoas e coisas, dentro de um círculo amoroso maior, que é o “Amor que move o sol e as estrelas” (Dante Alighieri. A Divina Comédia, último verso).

Bom realiza a Vida. Engendrando o amor, o Bom gera a vida. As pessoas nascem de um ato de amor. Nos livros sagrados milenares se lê que “quem ama vive” e “quem não ama permanece na morte”, pois “Deus é amor, e quem vive no amor vive em Deus, e nele Deus” (1Jo 4,7-8). A Ética é a arte de conduzir uma vida plena, em comunhão com os outros, com o mundo e, para quem crê, com Deus. Ela realiza a união fecunda do Todo. Alguns definindo a Ética, dizem simplesmente que “a Ética é vida”, ou seja, é um tipo de estruturação da vida que faz a pessoa adquirir e saborear mais a vida.

Fonte: Antonio Marchionni. Ética, A Arte do Bom, 2008.

0 comentários:

Postar um comentário